Ode ao Vasquinho


Ode laudatória a Vasquinho, jogador de bola e menino de excepção. 2006

Vai à linha, Vasquinho!
Corre a trote
e faz pressão.
Enfeita a jogada,
assiste e passa
com suiça precisão.
Afina o cabelo com graça
Agita-se a bancada
e treme a populaça.
Na defesa: sarrafada.
E empurrão.
Muita cultura táctica,
à custa da despensa,
diariamente dizimada.
Por um dia capitão,
cavalheiro do relvado,
mestre da simulação,
“Ai Jesus” da mulherada
ciumenta da bola,
que dos seus pés é namorada.
Na cabeça abunda ciência,
Raciocínio lógico
E pensamento abstracto.
Traz folha limpa da escola
Moço de bom feitio
e herói da ganapada.
Eis o glorioso retrato
do garboso primogénito.
Garanto em antecipação!
Seja na vida ou na bola,
Será um craque de milhão.

2006 Pai e Empresário (ehehehe)

Aloisio Nogueira

Génio em part-time. Nasceu em 1966 e está moderadamente contente com isso, embora os seus rendimentos sejam ridiculamente baixos. Part-time genius. Born in 1966, is mildly happy about that. Ridiculously small income, though.